É incrível, mas passaram 30 anos





Em abril de 1990, aconteceu pela primeira vez num gabinete médico em Portugal uma consulta onde o médico foi apoiado por um software de gestão clínica. Foi em Coimbra, no SNS, no Centro de Saúde de Celas. Assim nasceu o M1.


Naquela altura tudo era novo. Não havia referências nacionais ou internacionais. Tudo estava por inventar e desenvolver. Até a ideia de o médico ser apoiado por software era nova e precisou de anos para se afirmar.


Passaram, desde então, 30 intensos anos onde trabalhámos arduamente, sonhámos, ouvimos, pensámos, aprendemos, inventámos, inovámos, sofremos, falhámos, acertámos, caímos vezes sem conta, levantámo-nos ainda mais vezes e reinventámo-nos, sem nunca desistir.


Não perdemos o rumo original nem esquecemos que existimos para ajudar os profissionais de saúde a alcançarem todo o seu potencial em salvar vidas. Para construir uma solução onde seja impossível cometer um erro evitável.


Por isso, desde o início, investimos nos sistemas de inteligência clínica e no apoio à decisão. Construímos mecanismos únicos para melhorar a qualidade dos cuidados, aumentar a segurança e ajudar a prolongar a vida de qualidade.


Não há profissão mais exigente que a de um médico, não há trabalho mais difícil que o de salvar uma vida e não há nada mais complexo que um ser humano. É neste desafio constante que temos o nosso coração.


Nascemos nos cuidados primários e crescemos até atingir um patamar de excelência mundial. Agora estamos a fazer o mesmo percurso na área hospitalar. O caminho é longo, mas já se veem alguns bons resultados. Mantemos o mesmo empenho e foco e, por isso, sabemos que o resultado vai ser o mesmo: vamos ter também nesta área uma solução de excelência e classe mundial. É isso que podem esperar de nós.


É isso que devem exigir de nós. 30 anos depois, continuamos os mesmos sonhadores. Temos os mesmos sonhos e a mesma energia, mas agora muito mais capacidade para os tornar realidade.


Nenhuma empresa vive tanto tempo na exigente área do software clínico se não merecer existir. Sobreviver não depende apenas de nós. É o mercado que decide. Ou trabalhamos bem ou não somos escolhidos. Passado este tempo, ainda cá estamos e sentimos que somos precisos.


O software que em 1990 nasceu, humildemente pela mão de sonhadores, é hoje utilizado por mais de 12.000 médicos e mais de 20.000 outros profissionais de saúde. São mais de 250.000 horas de trabalho realizadas diariamente em pequenos consultórios, clínicas e grandes hospitais. Sentimos que fazemos parte da vossa vida e é por isso que estamos decididos a continuar.


Enquanto houver médicos, haverá sempre o M1!



João Miguel
Fundador e Chairman



cONTACTOS





INSTITUTO PEDRO NUNES, ED D RUA PEDRO NUNES
3030-199 COIMBRA

T (+351) 239 103 500
E [email protected]

GPS
N 40⁰ 11' 29.15"
W 08⁰ 24' 51.14"